Centro Antártico Internacional

O concurso internacional visou propostas de arquitetura para um grande centro de pesquisa, museu e entrada exploratória para o pólo sul. Nossa resposta surge da abordagem de mínimo impacto a paisagem, em respeito a paisagem natural horizontalizada do lugar. A idéia de uma pedra vulcânica desgastada pelo tempo, repousada a margem do Estreito de Magalhães emergiu como o conceito arquitetônico. Uma casca enegrecida que protege os ambientes internos, brancos e iluminados por poucas aberturas que repetem a posição e magnitude das estrelas do céu austral, e uma fenda direcionada ao sul geográfico. Internamente, espaços abertos ao público impulsionam trajetórias livres de caminhar - entre espaços expositivos, bibliotecas, auditórios, cafés - através de membranas transparentes em superfícies curvilíneas. No setor técnico e administrativo, a ordem cartesiana de ocupação espacial prevalece, na busca da otimização na ocupação e uso destes espaços.

Equipe Yuri Vasconcelos, Nícolas Marques, Lucas Bochnie, Alexandre Lima, Eduardo Hungaro, Angelo Signori, Matheus Santana, Rafael Falkowski.
Consultores • Maria Regina L.S. Sarro + Aloisio Schmid + George Stanescu.
19000m2
2017 . punta arenas . chile
clique na imagem
.                                                                       © 2016 YVA ARQUITETURA                                                                            .