CASA LIGHTBULBS

No canto vazio de um terreno já ocupado em Curitiba, a moradora desejou um lar mais simples, acolhedor e menos complicado. A proposta para esta casa vai ao encontro da vontade da moradora em tornar a própria vida mais simples. A nova residência está implantada na área do que já foi uma horta. As paredes externas duplas preservam a temperatura interna, exibindo tijolos cerâmicos como elemento de revestimento e fechamento. Em alguns locais, como uma pele retirada, os tijolos revelam a alvenaria interna em emboço e reboco branco. Enquanto o volume de tijolos contém a área social no térreo - interligado com o terraço - o pavimento superior guarda a suíte. Em um volume separado, um tubo ovalado de concreto aparente, estão a pequena lavanderia, lavabo e escada.

 

_In the empty corner of a land already occupied in Curitiba, the resident wished for a simpler, more welcoming and less complicated home. The proposal for this house meets the will of the resident to make life easier. The new residence is located in the area of what was once a vegetable garden. The double outer walls preserve the internal temperature, displaying ceramic bricks as a lining and closing element. In some places, like a peeled skin, the bricks reveal the internal masonry in plaster and white plaster. While the volume of bricks contains the social area on the ground floor - interconnected with the terrace - the upper floor holds the suite. In a separate volume, an oval tube of exposed concrete, there is the small laundry room, toilet and stairs.

 
Equipe Yuri Vasconcelos, Tarsila Faria, Alexandre Lima
Ilustração: Gabriel Tomich
65 m2
 
2015 . curitiba . paraná. br

2016 YVA ARQUITETURA